O que é comida vegana e onde posso encontrar no Rio de Janeiro

17/05/2017

Para entender o que é comida vegana e o que compõe o cardápio do veganismo, vamos te explicar o que filosofia de vida é essa.  Ela tem as suas raízes datadas cerca de 500 anos antes de Cristo.

Naquele tempo, o filósofo grego Pitágoras já dizia que “enquanto o ser humano for implacável com as criaturas vivas, ele nunca conhecerá a saúde e a paz. (…)

Para a The Vegan Society, organização que primeiro cunhou o termo, o veganismo “busca excluir, na medida do possível e praticável, todas as formas de exploração e crueldade animal, seja para alimentação, vestuário ou qualquer outra finalidade”.

Mas o que é comida vegana?

tomates cortados

Com base nisso que falamos, a comida vegana é todo alimento que não tem origem animal em sua composição ou produção. Ou seja, estão excluídos os alimentos à base de carnes vermelhas, brancas ou de qualquer outro animal, sejam elas preparadas ou cruas (como o sushi).

Aliás, o vegano não come nem mesmo aquelas balas de goma ou gelatinas, pois elas são produzidas com raspa de couro de porco processada. E os produtos que exploram a mão de obra humana também são riscados do cardápio vegano.

É possível se alimentar bem no veganismo?

rolinho de legumes

Para manter a saúde, o ser humano precisa de uma série de vitaminas e minerais que são encontrados em alimentos de origens diversas. Portanto, os nutrientes encontrados nos produtos de origem animal não são exclusivos às carnes, leites e ovos. Por exemplo, a proteína animal pode ser substituída, sem ônus, pela proteína vegetal.

Então, leites e ovos também são proibidos?

leite e ovos para veganos

Conforme dito pela The Vegan Society, a filosofia vegana se priva, na medida do possível e do praticável, de consumir produtos de origem animal. Apesar de haver um questionamento sobre tal proibição, já que a produção de ovos ou leite não demanda a morte do animal, é preciso lembrar que, em alguns casos, os animais que produzem tais derivados podem ser submetidos a condições desumanas, como confinamento, desmama precoce e a alimentação rica em hormônios para aumentar a produção. E isto é contra os preceitos veganos.

Como ser vegano em uma sociedade predominantemente carnívora?

sanduíche vegano

As pessoas raramente adotam o veganismo do dia para a noite. O mais comum é que elas passam por um processo no qual observam os benefícios desta filosofia. E eles não são apenas para os animais. Conforme apontado pela Revista Superinteressante, “quem come mais carne – especialmente carne vermelha – tem índices maiores de câncer e de enfarte, as duas principais causas de morte do planeta”.

Mas, apesar de ser possível e até mais saudável viver sem carne, não quer dizer que seja fácil. Afinal, vivemos em uma sociedade na qual o consumo de carne animal é cultural. Isso torna muito difícil conviver em grupo com tantos convites a churrascos, ofertas de guloseimas que levam derivados animais (como o leite condensado) e até mesmo a troca de presentes. Isso exige uma empatia ainda maior por parte dos veganos.

Tem outros poréns?

sanduíche vegano

Sim. Como bem pontuado pela revista Superinteressante, os veganos devem ficar de olho nos rótulos dos produtos. Outra coisa que pouca gente sabe é que os corantes cochonilha e carmim, usados para tingir os alimentos, são feitos de besouros moídos e de lesmas amassadas.

E como ser vegano no Rio de Janeiro?

doces veganos

Apesar do número de veganos ter aumentado nos últimos anos – chegava a 8 milhões de pessoas no Brasil, em 2010 –, as opções para quem segue esta filosofia de vida são limitadas.

No Rio os consumidores podem entender bem o que é comida vegana no UPTOWN, onde encontram o Açougue Vegano. Apesar do nome, trata-se de um ambiente no qual não encontrarão carne ou qualquer outro alimento derivado de animais.

Gostou deste artigo? Então não deixe de curtir a página do UPTOWN no Facebook para não perder nenhum outro conteúdo interessante.

Como Chegar

Av. Ayrton Senna, 5500 - Rio de Janeiro - RJ - (21) 3030-5500